4 passos para superar o luto

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Confira quais são os passos que te ajudarão a alcançar a cura do luto

A experiência de perder um ente querido nunca é fácil. O ser humano tende a passar por uma tristeza inigualável ao pensar que a vida nunca mais será a mesma. Para muitos, o processo de cura do luto é algo incompreensível e inalcançável e, por isso, a Funerária São Benedito preparou este artigo com os 4 passos para superar do luto. Afinal, o ente querido não gostaria de ver o enlutado vivendo uma vida de tristezas!

AS FASES DO  LUTO

Antes de falar sobre os passos para superar um luto, é necessário passar pelas fases do luto. Estudos psiquiátricos e psicológicos resultaram nas cinco fases que uma pessoa passa durante o processo de luto. Apesar de não necessariamente seguir uma ordem, essas fases costumam ser a negação, raiva, barganha, angústia e aceitação.

Cada estágio pode durar desde algumas horas, semanas e até meses, pois são respostas aos sentimentos do enlutado. Assim, é possível que o indivíduo caminhe pelas fases mais de uma vez até chegar à aceitação.

Negação

A primeira fase do luto é a negação, estágio onde o enlutado ainda está em choque, sem entender os acontecimentos e, então, passa a agir como se nada tivesse acontecido. Dessa maneira, ele foca todas as energias nas atividades do cotidiano ou no trabalho, como uma forma de mascarar a intensa dor da perda.

Raiva

Para o processo de cura do luto poder acontecer, é essencial que a pessoa passe pelo estágio da raiva. Quanto mais se entregar a essa emoção, mais rápido começará a se dissipar do sentimento e, consequentemente, se curar dessa dor.

Barganha

O estágio da barganha acontece rodeado do sentimento de culpa. Nesse momento, o enlutado se apega muito a sua fé e barganha pela vida do ente querido. Assim, acaba refletindo com a mágoa e se culpa pelas coisas que poderia ter feito diferente, pensando que qualquer mudança no passado poderia mudar o rumo das coisas no presente.

Angústia

Com foco no presente, o enlutado sente a dor inimaginável da perda. Aqui, ele reconhece as suas limitações e se sente extremamente triste, desanimado, angustiado e amargurado com os acontecimentos.

Aceitação

Nessa fase, o enlutado supera a angústia e passa a conseguir conversar sobre aquilo que tanto o aflige: a perda. É natural continuar sentindo um aperto no coração ao lembrar-se do ente querido, mas agora, a recordação dos momentos bons vividos com a pessoa se sobressai.

Agora, confira os passos para superar o luto!

1 – RESPEITE A SUA DOR

O que muitas pessoas não entendem é que a dor luto precisa ser sentida. Por isso, não se assuste com o sofrimento, pois ele faz parte do seu processo de cura. Nesse momento, é natural que o lado emocional fique abalado e que você passe pelas fases mais tristes do luto. No entanto, elas são necessárias para que a aceitação chegue.

Lembre-se de sentir os seus sentimentos e estar perto de pessoas amadas que se preocupam com você.

2 – LIVRE-SE DA CULPA

É preciso entender que a vida é uma caixinha de surpresas e que você não tem controle sobre tudo aquilo que vai acontecer. Refletir sobre todos os “e se” apesar serve para torturar a si mesmo, pois nada poderia ter acontecido de uma maneira diferente. Não há como mudar o passado e, por isso, você precisa olhar para frente e enxergar o futuro.

3 – COMPARTILHE SENTIMENTOS

Durante o luto, muitos enlutados desejam de isolar do mundo e de todos. Entretanto, o processo de superação deve ser realizado em conjunto, com o apoio de amigos e familiares. É imprescindível ter alguém confiável para desabafar e abrir o coração, despejando todos os sentimentos.

Falar sobre a dor é muito importante, pois ajuda a manter a mente na realidade e atravessar esse processo de uma maneira mais leve.

4 – EXPRESSE O QUE NÃO FOI DITO

Mesmo após a morte, você ainda pode expressar aquilo que não houve tempo de ser dito em vida para o ente querido. Não existe uma receita, pois muitas pessoas sentem de se comunicar de maneiras diferentes. Você pode escrever uma carta e guardá-la em sua gaveta, compor uma música, pintar uma tela, fazer uma escultura, escrever uma poesia e até mesmo fazer um post nas redes sociais.

Todas essas maneiras servem para você comunicar aquilo que gostaria de ter dito em vida. Além disso, elas também ajudam a encerrar o ciclo do luto, encerrando este capítulo.

E aí, o que achou do texto? Não se esqueça de compartilhá-lo com seus amigos!

Quer conhecer mais sobre a Funerária São Benedito? Então, entre em contato conosco para mais informações sobre planos e assistência para garantir apoio e conforto em momentos difíceis!

Endereço: Rua Alambari, 1311- Centro – Cambará/PR

Telefone: (43) 3532-1181 / 9 9609-7070 (whatsapp)

Ou acesse nossa página do Facebook e perfil do Instagram.