Por que a vacinação é tão importante?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Descubra porque é tão importante manter a vacinação em dia

Quando criança, todos recebem uma carteirinha para o monitoramento de vacinação, onde consta aquelas que a pessoa já tomou e as que precisa tomar. Isso é, desde criança você tem contato com vacinas e sabe que elas te ajudam a manter a sua saúde, mas, você realmente entende como elas atuam e porquê são tão importantes? Ficou interessado e quer saber mais? Então, continue essa leitura que a Funerária São Benedito preparou para você!

COMO A VACINA FUNCIONA?

A vacina é uma substância feita a partir do agente causador da doença em questão. No entanto, o agente é modificado em laboratório para ficar enfraquecido ou inativado e, dessa maneira, não infectar a pessoa que recebe a vacina. Quando essa substância entra em contato com o organismo humano, ela passa a estimular respostas imunológicas, fazendo com que o corpo se proteja de determinadas doenças.

Após ser aplicada, a vacina faz com que o sistema imunológico reconheça o vírus ou bactéria causadora da doença em questão e, assim, passa a produzir anticorpos. Dessa maneira, mesmo que você seja infectado, seu sistema imunológico age para combater antes que a doença se desenvolva. Portanto, a vacina atua como um agente preventivo, sendo recomendada a sua aplicação antes do contágio.

COMO SURGIU A VACINA?

Estudos apontam que ferramentas para a imunização da sociedade já eram utilizadas pelos chineses por volta de 200 a.C. No entanto, os primeiros registros desse tipo de atividade datam do século XV, ainda na China. Na ocasião, o principal fator para a criação de algo que imunize o corpo humano foi a epidemia da varíola. Para realizar a imunização, os chineses descobriram que o contato com as secreções das feridas da varíola poderiam evitar sua contaminação em uma pessoa saudável.

Mas, foi apenas em 1796, graças ao médico britânico Edward Jenner, que o método de imunização passou a ser sistematizado, quando ele pesquisava um “antídoto” para a varíola.

No ano de 1885 foi a vez de Louis Pasteur desenvolver uma vacina. Dessa vez, a vacina era contra a raiva, que acometia animais e humanos. Para chegar a um resultado eficaz, o Pasteur seguiu os mesmos princípios que o Dr. Jenner.

IMPORTÂNCIA DA VACINA

A principal importância da vacina está no fato de ser capaz de prevenir uma pessoa de ser contaminada com determinada doença. Para exemplificar, pode-se pensar na própria varíola, já citada neste artigo. Entre os anos de 1900 e 1970, a varíola foi uma grande causadora das mortalidades do mundo, sendo responsável por levar 500 milhões de pessoas a óbito. Com a chegada da vacina de Dr. Jenner, a doença foi declarada extinta em 1980.

Portanto, é notório ressaltar que as vacinas são importantes para a proteção individual e, também, coletiva, pois a alta taxa de imunização contra uma doença a leva a erradicação.

Apesar disso, a vacina também é importante, pois auxilia na redução da mortalidade, redução de doenças infecciosas, diminuição do contágio de doenças, redução de gastos com medicamentos e diminuição de hospitalizações.

E aí, o que achou do texto? Não se esqueça de compartilhá-lo com seus amigos!

Quer conhecer mais sobre a Funerária São Benedito? Então, entre em contato conosco para mais informações sobre planos e assistência para garantir apoio e conforto em momentos difíceis!

Endereço: Rua Alambari, 1311- Centro – Cambará/PR

Telefone: (43) 3532-1181 / 9 9609-7070 (whatsapp)

Ou acesse nossa página do Facebook e perfil do Instagram.